Itália uma das maiores economias do mundo

Itália: conheça mais sobre uma das maiores economias do mundo

É o grande sonho de muitos brasileiros fazer uma grande trip pelo continente da Europa, que certamente abriga diversos países lindos, cheios de cultura e também cheios de histórias para contar.

E é sobre um desses países pertencentes ao vasto continente europeu que falaremos com mais detalhes no artigo de hoje.

A Itália, também conhecida como o país europeu em formato territorial de bota (literalmente), pode ser considerada como um dos países mais bonitos de todo o mundo.

Nos tópicos a seguir, iremos entender mais do porque esse país é tão bonito e especial, sendo um dos destinos turísticos mais procurados em todo o mundo.

Itália

Em sua maioria, o povo italiano pertence a uma cultura que é muito alegre, comunicativa, livre e divertida. É um país que gosta de danças, apresentações de canto, conversas na praça e, principalmente, de festas. 

Os italianos têm o costume de falar alto, gesticulam muito as suas mãos, gostam de reuniões com os parentes e amigos e adoram os grandes almoços de domingo com a família e amigos reunidos. 

Localização

A Itália fica muito bem localizada no Sul do continente Europeu. Ela ocupa a mundialmente conhecida Península Itálica, que é mais facilmente identificada no globo terrestre pelo seu formato característico e especial de bota. 

O país da Itália domina uma vasta área de 301 230 km2, nessa imensidão de território, estão sendo consideradas as ilhas da Sicília e também as ilhas da Sardenha.

De modo geral, seu território possui uma parte continental (que fica mais ao Norte do país), uma parte peninsular (relevo cercado por água) e outra insular (ilhas).

Idioma

Na Itália o idioma oficial que é falado é o italiano (origem no latim). Grande parte dos italianos (cerca de 44% da população) falam somente ou predominantemente o idioma italiano.

Uma outra parte da população (cerca de 51% dos italianos) falam também o italiano com algum dialeto regional ou mesmo uma segunda língua (inglês, por exemplo). 

Já uma parte bem pequena da população italiana, cerca de 5%, falam de maneira exclusiva por meio de dialetos regionais ou mesmo um outro idioma que não seja o italiano. 

Se a pessoa que desejar ir para a Itália conversar bem em inglês e possuir uma base de italiano, certamente não encontrará dificuldades nessa visita.

Cultura

Por ser um país de muitas festas, o carnaval italiano é considerado como um dos maiores e mais animados eventos do ano, marcado exclusivamente pelo uso de máscaras pelos italianos durante as celebrações.

Outro ponto muito importante que está ligado a cultura italiana é a moda, a Itália é considerada como um dos grandes centros e berços da moda de alto luxo mundial, tendo como destaque a cidade de Milão nesse quesito em específico.

A revista Vogue Itália, atualmente, é uma das revistas relacionadas a moda mais importantes de todo o mundo. 

Valentino, Armani, Gucci e Versace são famosos estilistas mundiais que nasceram na Itália, tendo em seu sangue essa genética já vinculada à moda.

Gastronomia

A gastronomia italiana é conhecida por todo o mundo. Os grandes pratos típicos da Itália são compostos pelas famosas massas, como a lasanha, a pizza, o ravioli, o nhoque, o canelone e o capeletti.

Os molhos de tomate italianos também são merecedores de atenção, dado que são incrivelmente deliciosos. Em sua composição, os italianos utilizam diversos temperos que deixam os molhos ainda mais apetitosos e exclusivos da sua cultura. 

Política

A Itália tem como órgão político o Parlamento Italiano, que tem o poder legislativo da Itália. O parlamento é constituído pelo Senado (315 senadores) e também pela Câmara dos Deputados (conta com cerca de 630 deputados).

Economia

A Itália é considerada como a 3° maior economia da famosa zona do Euro, dado que a moeda que roda predominantemente no país é o Euro. A taxa de desemprego no país estava em cerca de 9,7% no ano de 2020.

A economia do país é bem dividida, dado que a região norte é mais desenvolvida e amplamente industrializada. No Norte, fica instalado todo o centro financeiro do país, na cidade de Milão.

Já a parte Sul é menos desenvolvida e mais agrícola, onde fica concentrado o maior índice de desemprego do país. 

Pontos turísticos

Os principais pontos turísticos que as pessoas que vão visitar a Itália não podem perder, são:

  • Coliseu – Cidade de Roma;
  • Torre de Pisa – Pisa;
  • Ponte dos Suspiros – Veneza;
  • Galeria Vittorio Emanuele – Milão;
  • Ponte Vecchio – Florença;
  • Fórum Romano e Paladino – Roma;
  • Praça e Basílica de São Marcos – Veneza;
  • Teatro alla Scala – Milão;
  • Mercado Central – Florença;
  • Catedral de Pisa – Pisa;
  • Fontana di Trevi – Roma;
  • Torre do Relógio – Veneza;
  • Duomo de Florença – Florença;
  • Vesúvio – Nápoles;
  • Cinque Terre – Riviera Ligure;
  • Costa Amalfitana – Salerno.