Higienizar aparelhos eletrônico

8 Dicas simples para limpar eletrônicos corretamente

Os aparelhos eletrônicos como celulares, computadores, televisões, entre outros dispositivos, precisam de manutenções para se manter em perfeito estado de conservação, aumentando, assim, a sua durabilidade.

Mas, alguns cuidados devem ser tomados por quem pensa em fazer a limpeza desses aparelhos eletrônicos, afinal, o ato de limpar deve ser cuidadoso para não prejudicar esses eletroeletrônicos ao invés de limpar.

Abaixo, falaremos oito dicas para quem pensa em limpar de maneira simples esses aparelhos sem afetar o funcionamento deles.

Desligue o aparelho

Primeiramente, devemos desligar os aparelhos, mas diretamente da fonte de energia, pois a limpeza pode usar água ou produtos que conduzem eletricidade também e, quando o aparelho elétrico está ligado na rede, pode passar eletricidade para quem está fazendo a limpeza.

Por isso, é muito importante fazer a limpeza e esperar secar bem antes de retornar o cabo para a rede elétrica residencial para evitar quaisquer problemas com os aparelhos.

Evite produtos de limpeza doméstica

Ao limparmos os móveis da casa, usamos produtos que dão brilho ou que removem com força a sujeira de estantes, guarda-roupas e armários, por exemplo.

Mas, quando se trata da limpeza de eletrônicos, devemos evitar o uso desses produtos como lustra-móveis, álcool e até água sanitária, muito usada na limpeza de pias.

Use o pano correto

Não é só com os produtos utilizados que devemos ter cautela, já que, até mesmo o pano deve ser ideal para a limpeza de eletrônicos.

Devemos escolher tecidos que não ofereçam nenhuma resistência às telas de televisões e que não deixem fios soltos nos vãos que servem para ventilação de aparelhos eletrônicos, pois, o acúmulo de sujeira nas placas pode danificar o funcionamento dos aparelhos também.

Umedeça apenas com água

Outra dica importante para quem está fazendo a limpeza de aparelhos eletrônicos é a utilização de água para o umedecer o pano, já que, como dissemos, qualquer outro produto pode danificar a qualidade de imagem e a aparência do eletroeletrônico.

A água também deve somente servir para deixar o pano úmido, nunca molhado ou encharcado, já que estamos falando de aparelhos que usam eletricidade para funcionar.

Lenços umedecidos podem ajudar

Caso a pessoa não tenha o pano ideal para realizar a limpeza do eletrônico, ela pode usar um lenço umedecido que a eficácia é a mesma.

A desvantagem do lenço é o preço, já que esse produto não é tão barato para usarmos sempre para limpar os aparelhos eletrônicos, mas, com certeza, é o tecido ideal para limpar.

Existem até lenços umedecidos com cheiros agradáveis, por isso, é uma ótima opção para quem está pensando em limpar os aparelhos eletrônicos e ainda ter resultados satisfatórios no ambiente plantar o cheiro exalado.

Cuidado com álcool em gel

Apesar de ser ideal para a limpeza de móveis mais rígidos por causa do seu efeito antimicrobiano, o álcool em gel não é recomendado para a limpeza de eletrônicos, já que esses aparelhos conduzem eletricidade.

Supondo que a pessoa encharque o pano com esse material e ele escorra para dentro das placas dos aparelhos que estão sempre aquecendo, as chances de queimar a placa ou até mesmo dar início às chamas existe.

Mas, caso a pessoa insista em usar esse produto para limpeza de aparelhos eletrônicos, recomendamos que ela faça isso com cuidado, tentando não molhar muito o pano que será usado para a limpeza de televisões, DVDs e computadores.

Além disso, outro cuidado que devemos ter com o álcool em gel é com o fato de que ele é um produto inflamável, por isso ao usarmos esse componente para limpeza devemos manter distância de qualquer foco de chama.

Certifique-se de que não há fissuras no aparelho

O maior risco na hora da limpeza é o de queimar os aparelhos, pois isso causaria problemas na vida das pessoas, já que a manutenção de uma placa queimada, por exemplo, não é barata.

Muitas vezes compensa até mesmo comprar outro aparelho e, obviamente, isso poderia ser evitado se as pessoas tivessem o mínimo cuidado no momento de limpar esses eletrônicos.

Antes de limpar, por exemplo, devemos nos certificar de que não existe nenhum tipo de fissura no aparelho, já que esses pequenos trincos em uma tela podem servir de passagem para água ou qualquer outro líquido que seja usado na limpeza.

E, vamos lembrar, aparelhos eletrônicos não combinam com água, já que usam eletricidade em seu funcionamento. As chances de termos prejuízo com a limpeza não é nula, por isso, todo cuidado é pouco.

Observe a quantidade de produto

Antes de pensar em usar qualquer produto para a limpeza, seja álcool em gel, seja água, devemos avaliar a quantidade necessária para limpar sem causar danos aos aparelhos eletrônicos.

Pois, aparelhos eletrônicos contam com partes de vidro e de plástico e o excesso de produto pode manchar esses componentes, tornando muito difícil a remoção com o pano depois.

Além disso, quando usamos muito produto para limpeza as chances são maiores de haver infiltração desses limpadores no interior dos aparelhos que contam com placas compostas por diodos, eletrodos e diversos com componentes que usam eletricidade para funcionar.