Conheça as diferenças entre importação e exportação

Conheça as diferenças entre importação e exportação para entender como funcionam esses processos e como são realizados.

Quando uma operação de venda internacional é realizada existem dois fatores, o comprador e o vendedor, ou, o importador e o exportador.

Ambos os membros participam de um processo de importação e exportação no qual é assinado um contrato pelo qual se acorda mutuamente o envio da mercadoria ao outro em troca de dinheiro ou outro bem de igual valor. Essa é a principal diferença entre importação e exportação.

Para melhor entendê-lo, é importante conhecer o conceito de ambos os termos. Existe uma confusão entre os dois termos se uma empresa ou organização é responsável pela importação e exportação, porém, a diferença entre os dois persiste.

 

Diferenças entre a importação e exportação

A seguir confira o que é importação e exportação, quais os tipos e suas diferenças:

Importação

Durante a importação, as mercadorias são transportadas para o país ou para o destinatário do bem ou serviço. A mercadoria, geralmente, atravessa a fronteira do país do comprador. Ou seja, um país ou comprador importa uma mercadoria do exterior.

 

Recursos de importação

As propriedades que caracterizam a importação são as seguintes:

  – É uma transação legítima.

  – O produto ou mercadoria importado vem do exterior.

  –  Influencia a economia de um país ou empresa, pois pode ser feito com fins comerciais.

   –  Ajuda a abastecer a economia.

 

Tipos de importação

A importação pode ser classificada nos seguintes grupos:

Importar para consumo

Também chamada de importação ordinária ou definitiva, é aquela pela qual uma mercadoria é introduzida em um país, pagando os direitos aduaneiros correspondentes, para ser comercializada para o seu consumo.

 

Importação temporária

Esse sistema permite que as alfândegas autorizem a entrada legal de mercadorias ou produtos procedentes do exterior, para processá-los no país e posteriormente serem exportados novamente.

Esses produtos são geralmente reportados após um processo de montagem, embalagem, melhoria, reparo ou conclusão do produto.

 

Reimportação

Este tipo de importação permite o ingresso de produtos que antes eram exportados do mesmo país.

Geralmente é utilizado quando é necessária a manutenção, reparo, condicionamento ou melhoria de determinado produto ou maquinário, para o qual é enviado ao país de origem.

Importação isenta de impostos

Aquelas importações que, por estarem sujeitas a determinados tratados, como o Mercosul, estão isentas do pagamento de parte ou da totalidade dos direitos aduaneiros correspondentes.

Estas, geralmente, são restritas a um limite de acordo com a regulamentação de cada país em questão.

 

Exportação

Exportar é enviar um bem ou serviço para fora do território nacional. Exportação é o tráfego legítimo de um bem ou serviço de uma zona aduaneira para outra.

Considera-se exportação a saída de um bem ou serviço fora de um Estado ou bloco econômico. Estas são realizadas em condições específicas, a complexidade das legislações e condições especiais que regem as exportações pode dar origem a vários fenômenos fiscais que dependem de cada Estado.

 

Exportação direta

É a modalidade de exportação realizada diretamente pela empresa produtora, sem a presença de intermediário no processo, ou seja, todas as negociações marítimas internacionais são geridas pela empresa produtora. Essa exportação só é recomendada em uma empresa que possui muitos recursos humanos e essa experiência.

 

Exportação indireta

É a exportação onde há sempre um intermediário que faz as negociações entre a empresa produtora e o país para onde a mercadoria é exportada. Os intermediários são responsáveis ​​pela captação de clientes e por todo o processo de exportação, que possuem larga experiência neste setor.

Esse tipo de exportação é recomendado para empresas jovens que não têm experiência em exportar, que buscam reduzir qualquer risco de internacionalização.

 

Diferença entre importação e exportação

Exportação é a saída de um bem ou serviço para fora das fronteiras de um Estado ou bloco econômico, obedecendo a leis e fenômenos fiscais estabelecidos pelo sistema legislativo de cada país.

Importação e exportação são atividades realizadas simultaneamente, o comprador importa um produto enquanto o vendedor o exporta. Importação é a compra de um produto ou sua entrada pela fronteira de um Estado ou bloco econômico.