Coworking: vantagens e desvantagens

Coworking: vantagens e desvantagens de trabalhar em espaços colaborativos

Os coworking são espaços colaborativos onde profissionais de diferentes áreas ou disciplinas são citados para trabalhar e criar sinergias entre eles. Estes escritórios partilhados reúnem freelancers, empresas e teletrabalhadores de todo o tipo, onde o gestor do espaço procura criar oportunidades profissionais e pessoais entre os membros coworking, procurando espaços de ligação entre eles e procurando networking. Por tudo isso, pode-se dizer que o coworking vai além de um mero escritório compartilhado com o qual os profissionais buscam economizar custos.

A maior parte destes espaços partilhados disponibilizam aos profissionais (conhecidos como coworkers), ou às empresas (microempresas), todo o tipo de ferramentas de trabalho para que o possam desempenhar com a maior facilidade. Os elementos essenciais para um trabalho são: boa ligação à Internet, mesa e cadeiras confortáveis, salas de reuniões e de relaxamento, ar-condicionado e WC em boas condições. No entanto, os espaços de coworking não são adequados para todos e não estão isentos de uma carga crítica como sua origem. Portanto, vamos tentar compilar os prós e os contras desses espaços de trabalho compartilhados.

 

Vantagens do coworking

  1. O mais óbvio: é mais barato do que alugar o seu próprio escritório. Por exemplo, no nosso Centro de Coworking em Ribeirão Preto, oferecemos  endereço fiscal por mês por apenas R$ 100. Embora isso não seja normal porque são preços subsidiados, o custo normal é normalmente entre R$150 e R$210 por mês. Se você somar todas as vantagens que esses espaços de trabalho compartilhados oferecem, com certeza será muito mais barato do que alugar seu próprio escritório.
  2. A flexibilidade de preços e usos. As instalações de coworking têm várias taxas ou planos que se adaptam a quase todas as circunstâncias: taxas para posições fixas, meio-período, dias avulsos … encontre a que melhor se adapta a você e se não houver nenhuma, pergunte ao gerente de coworking o que você certamente encontrará mais apropriado para você.
  3. Eles fornecem seu próprio espaço em um ambiente de trabalho compartilhado com maior liberdade. Você decide como usar as ferramentas e recursos que são disponibilizados para você em um coworking. Esses centros são projetados para motivar a produtividade dos colegas de trabalho, muitos oferecem acesso 24 horas e possuem salas de aula e reuniões para fazer apresentações e receber seus clientes. Para quem tem dificuldade em estabelecer uma rotina em casa, frequentar esses espaços sem dúvida os ajudará a estabelecer a rotina adequada. Escusado será dizer que tem as vantagens associadas à conciliação familiar …
  4. Relacionamentos entre colegas de trabalho são estimulados. O gestor do espaço trabalha para criar um ambiente de colaboração profissional e pessoal entre colegas de trabalho e outros contatos externos, com o objetivo de descobrir novas oportunidades para os membros de Coworking. Isso facilita a interação com outros projetos relacionados ou permite a geração de sinergias entre profissionais de diferentes setores que conduzem à descoberta de novos serviços, produtos ou projetos, através do trabalho em equipa. Além disso, será sempre uma boa oportunidade para se cercar de talentos, cumprindo assim aquela máxima do bom profissional, para a qual você deve buscar sempre se cercar dos melhores talentos para crescer profissionalmente.
  5. Acabe com o isolamento e expanda sua rede. Esses espaços estão vinculados à geração de uma comunidade na qual se projeta um ambiente de trabalho colaborativo. Envolver-se como colega de trabalho resolve os problemas de isolamento que resultam de trabalhar por conta própria. Também facilita a geração de contatos sem muito esforço e permite, em muitas ocasiões, encontrar uma maneira de chegar a terceiros (clientes e / ou colaboradores) com muito mais facilidade. Coffee breaks, durante o almoço ou em eventos promovidos no coworking, são horários ideais para aprimorar sua rede de profissionais.
  6. Serviços complementares. Escritórios virtuais; recepção de ligações e e-mails; endereço do endereço comercial; serviços de gestão fiscal, trabalhista e contábil; cursos e palestras temáticas; Café de cortesia e uma longa etc. Imagine o custo de todos esses serviços e a economia que isso acarreta.
  7. Os coworking temáticos. Partindo do princípio de que qualquer coworking está aberto a todos os tipos de profissionais, cada vez mais o coworking está a ser considerado numa perspectiva setorial ou de especialização. Desta forma, as relações que se estabelecem entre colegas de trabalho de setores afins permitem a transferência de conhecimentos e experiências inestimáveis ​​que, de outra forma, seriam difíceis de adquirir. Assim, por exemplo, embora o nosso Centro Beework seja aberto a qualquer participante, o trabalho realizado tem um enfoque ambiental. Geógrafos, biólogos, arquitetos, agrônomos, silvicultores, ambientalistas etc. podem encontrar o lugar perfeito para se desenvolver como profissionais. No entanto, em nossos projetos, podemos também precisar de industriais, fabricantes de modelos com artes gráficas ou designers, desenvolvedores da web, sociólogos, profissionais do setor de marketing (SEO, SEM inbound marketing …) e muito mais. O normal é acabar colaborando com as pessoas mais próximas de você.

 

Desvantagens do Coworking

Embora, como vimos, encontremos muitas virtudes no Coworking, queremos mencionar alguns aspectos que não são assim:

  1. As horas de coworking.  Tanto o horário de funcionamento como o de encerramento podem ser por vezes muito restritos, assim como os horários fixados para os espaços, salas de aula, salas de reuniões. As regras devem ser cumpridas para que não afetem os outros usuários, para que você não possa prolongar as reuniões ou apressar o trabalho um pouco mais.
  2. As distrações. Todos nós descobrimos que em espaços abertos custa mais concentrar-se. A movimentação de pessoas, e um maior número de estímulos de atração podem ser irritantes para aquela pessoa que precisa de muito silêncio.
  3. Silêncio. Às vezes é um pouco difícil começar a falar ao telefone quando todos os seus colegas estão concentrados
  4. O ruído excessivo gerado também pode ser um problema, embora na verdade não seja muito maior do que o compartilhado em um grande escritório.
  5. Falta de ‘privacidade’ para lidar com questões confidenciais e delicadas, ou em chamadas telefônicas.

No entanto, essas desvantagens também podem ser resolvidas. Em muitos coworking você pode solicitar as chaves para poder entrar e sair quando quiser.

Além disso, você pode colocar uma música com os fones de ouvido para se isolar dos ruídos ao mesmo tempo que é um sinal para que eles não o interrompam. Finalmente, quando você tem que lidar com questões delicadas, você sempre pode fazê-lo nas salas designadas ou pelo menos sair das áreas comuns.

Visite: Endereço Fiscal Ribeirão Preto.